www.oncanews.com.br



Informativo Onça News

      

 

Divinópolis notifica 313 casos de Coronavírus e 5 são positivos

O preocupante cenário epidemiológico vivenciado é acompanhado com toda a atenção pela Prefeitura de Divinópolis. Segundo o boletim diário desta quinta-feira (26/03), disponibilizado através da Secretaria Municipal de Saúde, assim como o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus, já somam 313 casos notificados. Destes, cinco testam como positivos para o Covid-19 e 37 foram descartados. A gestão municipal não mede esforços para divulgar os dados com total transparência.

Acerca dos novos portadores do vírus, nenhum se encontra hospitalizado. Os pacientes estão em casa, cumprindo de maneira severa o isolamento social para evitar a disseminação da doença. Os cinco casos são de residentes divinopolitanos e estão sob o acompanhamento da Secretaria.


O isolamento social é uma das formas mais efetivas do combate ao Coronavírus. O distanciamento e a minimização do contato entre as pessoas impedem a rápida disseminação do vírus, evitando, por consequência, que novos casos sejam registrados. Esta estratégia está demonstrando efeitos de contenção da doença.


Esta medida foi assegurada pela Prefeitura através do Decreto Municipal nº 13.738/2020, que resguarda a saúde e segurança dos cidadãos divinopolitanos devido à pandemia. O documento determina que funcionem, exclusivamente, os serviços essenciais à sobrevivência, saúde e segurança da população.


Segundo Janice Soares, Diretora da Vigilância em Saúde, a estratégia de isolamento social é indispensável no combate ao Covid-19. "A fácil proliferação do vírus é comprovada. Se não evitarmos contato com outras pessoas, as chances de adoecimento crescem. Apesar dos grupos de riscos serem mais vulneráveis, não impede que a população geral se contamine e continua com a disseminação da doença", explicou a Diretora. Fonte: https://www.divinopolis.mg.gov.br/

 

Dispõe sobre adoção de medidas de enfrentamento ao COVID/2019 no Município de Onça de Pitangui e dá outras providências.


 Decreto Nº 568/2020


Decreto Nº 569/2020


Decreto Nº 570/2020


Decreto Nº 571/2020


DETRAN-MG SUSPENDE SERVIÇOS PRESENCIAIS, POR CAUSA DA PANDEMIA DE CORONAVÍRUS

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que os serviços presenciais na sede do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), no bairro Boa Viagem,  e na Divisão de Registro de Veículos (DRV),no bairro Gameleira, foram suspensos ao meio dia de hoje (20). A medida é necessária para evitar a aglomeração de pessoas, prevenindo a disseminação do novo Coronavírus.

Enquanto os serviços presenciais permanecerem suspensos, o  Detran-MG reforçará o atendimento ao cidadão e as comunicações no âmbito administrativo por meios  eletrônicos. Assim, os agendamentos serão cancelados. O fale conosco, disponível na aba atendimento do site detran.mg.gov.br, será utilizado para os casos em que os  servidores podem concluir o processo sem a necessidade de atendimento presencial.

O Delegado Kleyverson Rezende, Diretor do Detran-MG, explicou que o serviço não será interrompido. "No site, por exemplo, estão disponíveis mais de cem serviços. Além do atendimento no Ligue Minas, pelo 155,  todos os setores do Detran-MG irão disponibilizar um e-mail, um celular e um telefone de contato ”, afirmou o  Delegado.

Os condutores e proprietários de veículos terão prazos interrompidos, por tempo indeterminado, para renovação da habilitação, solicitação da habilitação definitiva, defesas e recursos de multas, suspensão e cassação do direito de dirigir, além da transferência de propriedade e vistorias.

O prazo para conclusão do processo de habilitação passou de doze para dezoito meses. Ou seja, quem está com a pauta vencendo em março poderá concluir o processo até setembro, por exemplo.

Nas demais cidades, o atendimento presencial das delegacias de trânsito será tratado de forma regionalizada, conforme as particularidades locais.

Divulgação PCMG

 

POPULAÇÃO ONCENSE ESTÃO INDIGNADAS COM VALORES COBRADOS NAS FATURAS DA COPASA 

Desde as trocas dos hidrômetros, a população da cidade de Onça de Pitangui-MG, vem sofrendo com as com valores altíssimos.

Os moradores da cidade, pedi mais uma vez o apoio dos representantes câmara municipal.

 

 

 

kit de pincéis para maquiagem

R$ 60,00

COMPRAR  - LOJA ENJOEI

 

       

Multi Paleta de sombras e corretivos - londres

R$ 16,00

COMPRAR - LOJA ENJOEI

 

Compra Garantida
 

 Após a publicação que fizemos nas redes sociais em relação à Escola Estadual Zico Barbosa dezenas de pessoas se manifestaram sua indignação e tristeza pelo estado que se encontra a escola.
Então decidimos a  entrar  em contato com a Secretaria de Educação de Minas Gerais.

Hoje 24/03/2020, obtivemos resposta pelo Diretor DAFI que, existem dois Termos de Compromissos para a EE Zico Barbosa de Onça de Pitangui em aberto, conforme números: 814172 - REFORMA; 832368 - ACESSIBILIDADE; que totalizam em R$ 738.137,55 e a escola está na lista de prioridades do Programa Mãos à obra para a fase 2 de 2020. Todos os levantamentos foram feitos na última visita feita à escola no dia 17/03/2020, porém ainda não temos uma data certa para a liberação financeira por ser uma ação da SEE - BH.

 

  Coronavírus: comitê de enfrentamento estuda novas medidas para diminuir a transmissão da doença em BH


Imagem de microscópico mostra o novo coronavírus, responsável pela doença chamada Covid-19 — Foto: NIAID-RML/AP

Uma pesquisa feita pelo Comitê de Enfrentamento à Epidemia de Belo Horizonte mostra que ações mais rígidas podem reduzir até milhares de mortes. O estudo traça diferentes hipóteses da evolução da infecção nos próximos meses em Belo Horizonte e faz uma previsão dos impactos da COVID-19 . Os parâmetros adotados pelos especialistas se baseiam nos dados do surto na Itália e em Wuhan, na China.

A projeção considera vários cenários de controle de transmissão e ainda não é possível saber em qual deles a cidade se encaixa. Um dos melhores cenários considera que a transmissão caia pela metade e, nesse caso, o número de infectados seria de 23.079 pessoas ao longo de três meses. Com redução de 50% na transmissão, o número de mortes poderia chegar a 762 . Mas se a transmissão cair apenas 25%, o número de infectados seria de 556.595 pessoas nesse período. Já o número de mortes poderia chegar a 46.826.

Segundo o professor e pesquisador em bioinformática , Bráulio Couto, um dos autores do estudo, a maioria das pessoas não apresentaria sintomas. “ A única forma de nao ter infecção é nao ter contato com o virus. Depois de ter contato com o virus a gente pode desenvolver a forma aassintomatica, leve, grave e critica, que depende de terapia intensiva, e após um periodo a gente evolui, infelizmente ou pra obito ou cura.”

Ainda de acordo com o estudo, o isolamento social é uma medida urgente e faz muita diferença: se a transmissão fosse reduzida em 75% seriam apenas 6 casos de infecção ao longo de 3 meses e uma morte.

O gráfico de casos de Belo Horizonte mostra que a primeira confirmação foi em 16 de março./ No primeiro fim de semana (21/3), há um salto no número. e na terça-feira mais uma disparada: agora são 87 casos confirmados na capital.

O infectologista Carlos Starling, que participou da pesquisa e integra o Comitê de Enfrentamento, acredita que a explicação para o salto nos números pode ser o período de incubação, mas faz um alerta: “ Infelizmente o isolamento social não está sendo feito em toda a cidade e estou preocupado com o que vi em muitos bairros: pessoas na rua como se nada estivesse acontecendo.”

Até o fim desta semana, o Comitê de Enfrentamento à Covid 19 quer analisar os números para saber qual o nível da transmissão na capital e, a partir desses dados, adotar novas medidas.

Cidades brasileiras registram panelaços contra Bolsonaro pelo oitavo dia seguido

Projeção com os dizeres "Fora, Bolsonaro" é visto em prédio do Alto de Pinheiros, na Zona Oeste de SP, nesta terça (23) — Foto: Reprodução/TV Globo

Cidades brasileiras registraram panelaços contra o presidente Jair Bolsonaro pelo oitavo dia seguido na noite desta terça-feira (24).

São Paulo, Rio, Brasília, Belo Horizonte, Recife e Aracaju tiveram gritos de "fora, Bolsonaro!" durante pronunciamento do presidente.

As primeiras manifestações contrárias a Bolsonaro residente ocorreram na terça-feira (17) da semana passada. Fonte: G1-MG

Casos de coronavírus no Brasil em 21 de março

Secretarias estaduais de saúde contabilizam 1.178 infectados em 26 estados e no DF. Último balanço oficial do Ministério da Saúde aponta 1.128. Roraima registrou os 2 primeiros casos. Já são 18 mortos no Brasil, 15 no estado de SP.

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até 19h40 deste sábado (21), 1.178 casos confirmados de novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil em 26 estados e no Distrito Federal. São 18 mortes no Brasil, três no Rio de Janeiro 15 em São Paulo.

Ministério da Saúde atualizou os números na tarde deste sábado, informando que o Brasil tem um total de 1.128 casos confirmados de coronavírus e 18 mortes.

Roraima registrou os dois primeiros casos na noite deste sábado, último estado a ter casos confirmados no país.

No Distrito Federal, o número de casos de infectados foi de 87 para 108. Em Santa Catarina, o número saltou de 40 para 51. O Mato Grosso confirmou seu 2º caso, assim como o Tocantins.

Confira o balanço das secretarias de Saúde:

Casos confirmados do novo coronavírus no Brasil

Estado Secretarias da Saúde Ministério da Saúde
AC 11 9
AL 7 7
AP 1 1
AM 11 11
BA 41 41
CE 84 68
DF 108 100
ES 26 26
GO 18 20
MA 2 0
MT 2 2
MS 16 16
MG 55 38
PA 2 2
PB 1 1
PR 43 43
PE 33 30
PI 4 4
RJ 119 119
RN 6 6
RS 61 60
RO 3 1
RR 2 0
SC 51 51
SP 459 459
SE 10 10
TO 2 2
Total 1178 1128